Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Arco de cores ilhéu

«Vermelho lá vai violeta», em que l,a,v,a,i representam a sequência laranja, amarelo, verde, azul, indigo. in Wikipédia.

Vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil (indigo), violeta

Com isto ocorreu-me que alguém um dia olhou para o céu e ao ver o arco-íris quis atribuir uma cor a cada uma das nove ilhas do arquipélago dos Açores como se elas fossem um arco de cores. São sete as cores do arco-íris a que se juntam mais duas: preto e cinzento.

O vermelho e o laranja deram lugar ao lilás e ao castanho. O anil deu lugar ao branco, que é a cor neutra. A cor violeta dá lugar à cor rosa.

Então, o arco de cores ilhéu apresenta-se pela ordem das ilhas:

                 Santa Maria,
             São Miguel,
         Terceira,
       Graciosa (branca),
        São Jorge,
         Pico,
           Faial,
              Flores,
                  Corvo

Fazendo a reconstituição com base no arco-íris retorna assim:

                  Corvo

               Pico,

           Terceira,
        São Jorge
,
     Santa Maria,
        São Miguel,

           Faial,

              Graciosa (branca),

                 Flores

... O Corvo toma balanço e chega ao Pico num voo majestoso para se empoleirar no topo da ilha que avista a Terceira e São Jorge numa das perspectivas. Mas eis que pensa em Santa Maria e São Miguel que fica à beira e volta para mirar a ilha do Faial que lhe fica perto e também a Graciosa. Cansado mas feliz decide voltar para a sua natureza. Levanta novamente e poisa na bela vizinha Ilha das Flores. Regressa a casa...

 

E finda assim o arco de cores que se entranhou num sonho que ajudou a decifrar o «arquipélago», arco aqui ao pé do mar, arco de cores das ilhas encantadas.

Na varanda: , , ,
publicado por Terceirense às 20:48
link | comentar | favorito
Sábado, 3 de Novembro de 2007

Ilustre historiador José Hemano Saraiva

Nesta tarde de sábado ouvi e vi um programa televisivo apresentado pelo ilustre historiador José Hermano Saraiva exclusivamente dedicado à História do arquipélago dos Açores e das suas nove ilhas, das suas nove almas.


Gostei imenso de ouvir e ver a deliciosa explicação sumária que este apresentador de categoria nos apresentou e a forma como conseguiu colocar-me rente à televisão sem arredar-me. É que a nossa história fica ainda mais bela pela boca dele. Ele sabe cativar o espectador, do maior ao mais pequeno.


Ocorreu-me um pensamento: se fosse hoje que nome dariam às nove ilhas? Seriam todas (ou quase) com base na devoção (Santa e São?!). Talvez se mantivesse o nome de Faial, Flores, Corvo, Terceira (primeiro Capitão Donatário foi Jácome de Bruges, flamengo), Pico e Graciosa (porque, confirmou ele, quem vai da Terceira para a Graciosa parece estar perante os seios de uma mulher, daí o nome ter sido Graciosa). Como a devoção já não é o que era concerteza que davam outros nomes a Santa Maria, São Miguel e São Jorge. Porque não A Giesta, A Grande e A Bicuda, respectivamente. Mas isto sou eu a deambular.

Agora o que me ficou retida foi a frase que encerrou o programa e que estava impregnada de sentimento: "A riqueza dos Açores não está no mar, na terra (...) a riqueza dos Açores está na Gente" - 2007/11/03 - José Hermano Saraiva.

Resta-me agradecer a quem tão bem fala de nós.

(A imagem supra é do blog "
As ilhas encantadas")

publicado por Terceirense às 12:58
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

Sou...

Sou terra e mar
Sou ilha em punho

Garça a navegar
Em solto rascunho

Sou o que a ilha quiser
E tudo o mais que dela escrever.

*****************************

Para quem visita a ilha, vestida de lilás e outras cores num painel imenso, nota que há sorrisos expostos para a passagem dos forasteiros, há bons manjares, há regras, usos e costumes. Portas para dentro há outras cores, outros sabores e outras alegrias e dores que, por vezes, estão ocultas... Talvez por isso é que o mar está tão cheio de águas: as suas e as nossas que caem já salgadas para não destemperar as que já o são (Há lágrimas de mar salgado?!).
E cada ilhéu vive à sua maneira mergulhado em todas as tonalidades de um só dia.
O mar é o espelho do céu e da terra e ciranda sempre em volta dela, numa dança infinita. São voltas e voltas do mar que a beija suavemente ou em golpes de fúria. Por isso, a terra é feliz quando é beijada e chora quando fustigada pela brava onda. Sempre será ilha brava por terra e mar num painel de cores.
Na varanda: , , , ,
publicado por Terceirense às 23:45
link | comentar | favorito

Enquanto houver amor, ilha e arte blogarei por toda a parte...

Terceirense

No adro

Água quanta queira - Uma ...

De volta com a natureza d...

Hélio Costa, autor de Dan...

Folclore, Marchas, Vozes,...

Notícias

Arco de cores ilhéu

Ilustre historiador José ...

Sou...

No terreiro

Na varanda

açores(58)

açoriana(4)

açoriano oriental(1)

agradecimento(s)(10)

álamo oliveira(2)

américa(1)

angra do heroísmo(44)

aniversários(2)

assembleia legislativa(1)

azoriana(3)

barack hussein obama(1)

blogosfera(3)

blogues regionais(5)

califórnia(2)

ccd(1)

coelho de sousa(1)

comentários(14)

culinária(1)

curiosidades(18)

desporto(4)

dias comemorativos(17)

do autor(15)

doçaria regional(8)

droap(1)

estatísticas(8)

fagundes duarte(1)

familiares(2)

festa do sol(2)

funcionalidades(3)

hélio costa(1)

hospitais(1)

ilha(62)

joão rocha(1)

jornais(13)

jornais terceira(1)

josé hermano saraiva(1)

luís castro & bassim(1)

luís nunes(4)

mar(8)

monumentos(1)

mortalidade(2)

natal(2)

notícias(32)

poemas(2)

praia da vitória(3)

quadras(4)

regionalidades(34)

roteiro(1)

sanjoaninas 2008(16)

sanjoaninas 2009(2)

sanjoaninas 2011(1)

são carlos(1)

saúde(1)

sentimentos(30)

sidónio bettencourt(1)

sismos(1)

terceira(65)

terra(23)

usa(1)

vitorino nemésio(1)

todas as tags

No balcão

Última hora...

Ao Dr. Domingos Cunha - S...

Poema ao Presidente dos A...

Folclore, Marchas, Vozes,...

Uma carta da Azoriana

A imagem é o mote para li...

O sítio do trovador

Dia dos Açores

O doce do encanto do Divi...

Quadras de improviso

No coreto

Na praça pesquise

 

De passagem

Viva, antes de mais um grande obrigado pelo trabal...
exelente blog
Olhe, eu descobri o blog hoje e estou a gostar ime...
Gostaria de saber o que não posso perder na ilha t...
Olá gostei muito do seu blog com muitas poesia e c...
Hoje não é o meu dia...A ponte que hoje nos separa...
vamos ter uma rainha muito linda este ano....não h...
Já deixei as Boas Festas no outro lado, mas também...
Olánao sei se fica clara a intençao desta politica...
Olá Àlamo,Como não sei como contactar-te, também n...
blogs SAPO

subscrever feeds