Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Parte 2 - "O crescente"

Oito dias antes do tempo de amassar a massa doce (massa sovada - porque o segredo está na "sova" que ela leva no amassar para ficar leve e fofa), prepara-se o chamado "crescente" que, tal como o nome indica, é o ponto de partida para a delicada tarefa.

O "crescente" é feito com farinha de milho coada, isto é, passada pela peneira de trigo por ser mais fina e apurada, e depois é escaldada com água a ferver na quantidade suficiente até ficar numa bola não muito espessa.

Guarda-se na tijela, ou outro recipiente, bem tapada para não tomar bolor e manter-se bom até à hora da reforma, fazendo-lhe um sinal em cruz, por cima da tal bola. Mesmo que não seja crente faça o sinal que só faz bem ao crescente.

Deixa-se repousar até arregoar, isto é, abrir umas fendas, qual crateras esbranquiçadas, mas sem que se aviste o tal bolor, para o bom efeito no Fermento, que é a próxima etapa.

Nota: Devo chamar a atenção a quem ler esta receita de que é uma receita com largos anos. Actualmente podem utilizar-se outras formas de fazer a massa levedar por processos modernos. Diga-se que esta era a receita caseira à moda da ilha Terceira e não quer dizer que toda a gente fizesse assim. Esta era uma receita antiga da "Velhinha" de cabelos alvos de neve e olhos da cor do céu e não falhava.

(Continua)
publicado por Terceirense às 13:06
link do post | comentar | favorito
|

Enquanto houver amor, ilha e arte blogarei por toda a parte...

Terceirense

No adro

Ai, o nosso Povo!

Natal 2012

Angra Festa Brava

Eu sou Ilha... Brava e Do...

Roteiro da Administração ...

Água quanta queira - Uma ...

Marque já a sua presença ...

Medidas Simples Salvam Vi...

De volta com a natureza d...

Para o dia 7 de Abril

No terreiro

Na varanda

açores(58)

açoriana(4)

açoriano oriental(1)

agradecimento(s)(10)

álamo oliveira(2)

américa(1)

angra do heroísmo(44)

aniversários(2)

assembleia legislativa(1)

azoriana(3)

barack hussein obama(1)

blogosfera(3)

blogues regionais(5)

califórnia(2)

ccd(1)

coelho de sousa(1)

comentários(14)

culinária(1)

curiosidades(18)

desporto(4)

dias comemorativos(17)

do autor(15)

doçaria regional(8)

droap(1)

estatísticas(8)

fagundes duarte(1)

familiares(2)

festa do sol(2)

funcionalidades(3)

hélio costa(1)

hospitais(1)

ilha(62)

joão rocha(1)

jornais(13)

jornais terceira(1)

josé hermano saraiva(1)

luís castro & bassim(1)

luís nunes(4)

mar(8)

monumentos(1)

mortalidade(2)

natal(2)

notícias(32)

poemas(2)

praia da vitória(3)

quadras(4)

regionalidades(34)

roteiro(1)

sanjoaninas 2008(16)

sanjoaninas 2009(2)

sanjoaninas 2011(1)

são carlos(1)

saúde(1)

sentimentos(30)

sidónio bettencourt(1)

sismos(1)

terceira(65)

terra(23)

usa(1)

vitorino nemésio(1)

todas as tags

No balcão

Última hora...

Ao Dr. Domingos Cunha - S...

Poema ao Presidente dos A...

Folclore, Marchas, Vozes,...

Uma carta da Azoriana

A imagem é o mote para li...

O sítio do trovador

Dia dos Açores

O doce do encanto do Divi...

Quadras de improviso

No coreto

Na praça pesquise

 

De passagem

Viva, antes de mais um grande obrigado pelo trabal...
Porque não comentar? Nem que seja para saudar o es...
exelente blog
Olhe, eu descobri o blog hoje e estou a gostar ime...
Gostaria de saber o que não posso perder na ilha t...
Olá gostei muito do seu blog com muitas poesia e c...
Hoje não é o meu dia...A ponte que hoje nos separa...
vamos ter uma rainha muito linda este ano....não h...
Já deixei as Boas Festas no outro lado, mas também...
Olánao sei se fica clara a intençao desta politica...
blogs SAPO

subscrever feeds